Um pedido de casamento - às vezes -  não é uma questão simples de se fazer. Primeiro de tudo, devemos ter a quem pedir em casamento... mas, ultrapassado esse nível, ele deve ser um dos momentos cruciais na vida de qualquer pessoa.

Já vi por aí diversas formas de se pedir em casamento: românticas, temáticas, indiretas...até que Ben Anderson, do Reino Unido, teve a ideia incrível de fazer um vídeo com LEGOS para declarar amor eterno à sua noiva.

O vídeo começa dizendo: "Desde que Ben e Kristen se conheceram, eles têm compartilhado juntos momentos mágicos. Dia 6 de Agosto de 2016, Ben levou Kristen para assistir a um inocente filme no cinema, mas a surpresa chegou logo no início da película: o pedido de casamento veio na forma de um trailer.

E olha só para a proposta e a reação de Kristen ao vê-la:


Apenas tente superar isso, e deixe sua ideia nos comentários :)

O bordado é uma arte que precisa paciência. É demorado e dizem que é uma espécie de terapia. Além disso pode ser também a maneira mais pessoal para um artista têxtil se expressar, usando apenas  linha e agulha.
A artista Michelle Kingdom sabe disso e usa seu talento para criar cada ponto ilustrativo, e muitas vezes literalmente "sangra" por sua arte.
O trabalho é poético, lindo, com temas que nos fazem pensar além da beleza.


Uma citação de Michelle sobre o porque do seu amor pelo bordado:

Minha formação é realmente em arte tradicional, mas me deparei com o bordado já na faculdade. Combinando o imediatismo de desenhar com um profundo amor pelos tecidos e pela costura, o desenho cai como uma luva em ambos os meus interesses. Há apenas uma coisa bem frágil, estranho e sobrenatural sobre o meio. Densamente bordado, imagens comprimidas compostas inteiramente de linha é um link direto para o meu mundo interior, e parece feito sob medida para pensamentos secretos.


Meu trabalho é sobre a experiência humana; o modo como vivemos nossas vidas, as histórias que contamos a nós mesmos, a história que optamos por passar ou deixar para trás. Eu me esforço para criar um trabalho que capta o emaranhado obscuro de nosso mundo interior de uma forma que seja bonita e assustadora. Minha esperança é que se o trabalho soar como verdadeiro, pessoalmente, ele vai entrar em ressonância com os outros também.








Ah, essa febre chamada Pokémon GO... ela nunca foi tão quente, tão suculenta e deliciosa quanto nesse post!

Estes adoráveis Pokéburgers Pikachu, Bulbasaur e Charmander estão disponíveis em "oferta limitada" até domingo, 3 de setembro, numa hamburgueria em Sydney - Australia,  por US $ 15. 

Aparentemente, os sabores e os ingredientes são inspirados nos personagens, e cada hambúrguer é servido com um cartão "Pokéburg" que explica o que está dentro. Eu acho que é seguro dizer que o hambúrguer Charmander é beeem picante! rs

Confira mais fotos abaixo.





Esse é um playset temático do Super Mario Bros feito pela Youtuber yutako55 para os hamsters, a pedido de sua filha.
Mas ela pediu apenas um labirinto para hamsters comum, e eis que veio a surpresa nerd <3 

O resultado? Viralizou na internet com mais de 800mil views (até o momento que vi)  e me deu uma vontade de ter um bichinho assim dentro de um cenário assim...rsrs

Assista ao vídeo e tenha uma overdose de fofura:

Já tinha falado por aqui sobre o trabalho de Shamekh Bluwi, um arquiteto e ilustrador de moda que vive em Amã, na Jordânia, e usa nuvens, edifícios, e tudo aquilo que encontra na frente para estampar os vestidos que ele desenha: 


Ele voltou por aqui, agora com padrões mais requintados, e como a gente pode conferir a seguir, seus desenhos de moda são tão criativos como sempre foram.

Bluwi teve a inspiração para essa ideia durante uma viagem para Dubai. Querendo incorporar de alguma forma suas experiências de viagem em suas ilustrações de moda, ele decidiu capturar as cidades que ele visitou transformando-as em estampas de roupas. Ao realizar o recorte vazado no papel contra várias paisagens, Bluwi pode usar um único modelo para criar um número infinito de padrões que variam entre água, céu aos edifícios e portas. 

É inteligente e  extraordinariamente criativo, apesar de sua simplicidade :)












Você pode conferir mais o seu trabalho clicando aqui.


Olhe em sua volta. A arte pode estar em toda parte - se você quiser encontrá-la, claro!


Usando objetos de rua como elementos de impressão, o coletivo de artistas de Berlim Raubdruckerin (“Pirate Printer”) produz camisas e bolsas impressas a partir de tampas de bueiro, aberturas de ventilação e grades de serviços públicos. 

Os padrões geométricos negligenciados e as formas tipográficas de sinalização urbana proporcionam gráficos surpreendentemente bacanas para as peças.

Como você pode ver a seguir, o resultado é surpreendentemente cool:



O coletivo aplica a tinta diretamente nas gravuras de rua em locais como Amsterdã, Lisboa e Paris e depois vendem suas criações através de uma loja online

O que eles conseguiriam fazer aqui pelo Brasil? Fica a reflexão...